lapis logo
   
"Talento ganha jogos, trabalho em equipe ganha campeonatos."
Michael Jordan 
   
TABLE LETTERS
#05
novembro 2009

Olá !

A cada edição da Table Letters temos percebido maior envolvimento dos leitores, o que nos deixa muito felizes. Dessa vez convidamos a Sueli Chiozzotto, especialista em sustentabilidade e responsabilidade social, a colaborar na sessão "Leituras que Funcionam". Ela nos recomenda o livro "Cradle to Cradle", que propõe uma mudança de atitude, por parte das empresas, em relação ao impacto socioambiental que elas têm ocasionado.

Ações de sustentabilidade são apenas um dos elementos que podem ser empregados em uma estratégia de influência. Para conhecer melhor esse conceito fundamental para sobrevivência e sucesso dos negócios, leia o artigo "No mundo real, os desafios mais importantes exigem uma Estratégia de Influência".

Por falar em influência, se você gosta do nosso conteúdo, o que acha de recomendá-lo aos seus amigos? Provavelmente eles não encontrarão em outro lugar as ideias e práticas que a Table Letters traz mensalmente para você. Encaminhe esse e-mail ou clique aqui para que possamos incluir seus amigos em nosso mailing.

Espero que a edição desse mês supere suas expectativas. Boa leitura.

  Lina Brochmann
Editora
TABLE LETTERS
   
estrategia

No mundo real, os desafios mais importantes exigem uma Estrategia de Influência

Cada vez mais frequentemente as organizações se deparam com desafios únicos e pontuados: oportunidades de aquisições, venda ou fusão de negócios, mudanças no ambiente regulatório ou a entrada de players internacionais no mercado. Nessas ocasiões, em que janelas de oportunidades ou de ameaça se abrem e fecham subitamente, negócios podem desaparecer ou realizar grandes saltos de crescimento.

   
Mile S

“Prefiro jogar com 10 do que ter alguém que não está comprometido em fazer parte do time”

Numa decisão admirável, em um momento de enorme dificuldade, Mike Singletary, técnico do San Francisco 49ers, dá o exemplo a todo CEO que tenha em sua equipe um membro, ainda que brilhante, que prefere priorizar sua agenda individual a fazer parte do time de liderança.
Veja o vídeo e a tradução da entrevista do técnico, após o jogo.

   

man thinking 

O Diretor de RH pode ser o coach do CEO e da Diretoria?

Posições no topo da organização exigem habilidades quase opostas às que levaram os executivos até elas.
Quem está melhor posicionado e capacitado a ajudar Diretores e CEOs, no difiícil aprendizado da disciplina de times eficazes? Em tese, o Diretor de RH.
Será verdade?

   
diretores RH

Encontro com líderes de Recursos Humanos

A Table Partners recebeu no dia 11 de novembro dez líderes de Recursos Humanos de grandes corporações, para um gostoso café-da-manhã e debate sobre os rumos do RH.

   
cradle

LEITURAS QUE FUNCIONAM by Sueli Chiozzotto

Do berço ao berço, ou do berço à cova?

As empresas já avançaram muito na redução de impactos, através da ecoeficiência e da busca pela sustentabilidade. Iniciativas necessárias, mas suficientes? Ser menos mal é realmente melhor do que criar algo genuinamente bom?

   
 http://tablepartners.com.br/blog/?p=648

Como ensinar nossos filhos a trabalhar em times que funcionam

No mês passado perguntamos aos nossos leitores quais seriam as melhores maneiras de ensinar nossos filhos a trabalhar em times que funcionam. Veja aqui o resultado da pesquisa.

 
E Mais!  
Quer publicar nosso conteúdo?
Imprima, assine e nos envie duas cópias do Acordo de Licenciamento; até uma semana após o recebimento lhe enviaremos uma cópia assinada e você já poderá publicar nossos artigos.
Nossos contatos
Rua Iguatemi, 448 - 4º andar
São Paulo/SP
CEP:01451-010
(11) 2714-2888
contato@tablepartners.com.br
www.tablepartners.com.br
Interessado em fazer parte da nossa equipe?
Se você quer trabalhar conosco, mande seu curriculo para curriculo@tablepartners.com.br.
Quer divulgar nosso material aos seus amigos?
Encaminhe esse email ou clique aqui e envie-nos os contatos para que possamos incluir em nosso mailing.
Quer contribuir com a Table Letters?
Clique aqui e nos envie suas críticas, sugestões e comentários.